TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Dupuis retorna aos treinos com o Penguins

Pascal Dupuis Sidney Crosby Pittsburgh Penguins QuBao6yWVQyl

O Campo de Treino iniciou nesta quinta-feira (18) e já na sexta-feira (19) acontece o primeiro treino no gelo do Pittsburgh Penguins. Pascal Dupuis irá usar uma camisa vermelha que limita contato. Mesmo não querendo usar a camisa, Pascal entende que é inteligente se proteger nos primeiros dias, considerando o que ele passou nos últimos sete meses de reabilitação de uma cirurgia no joelho.

“Meu joelho está muito bem, ele está 100%”, disse Dupuis quinta-feira. “O ligamento precisa curar um pouco mais, por isso estarei em uma velocidade mais lenta, vestindo minha camisa vermelha brilhante”, comenta o atleta.

Pascal Dupuis Pittsburgh Penguins v New York zttU5dfkbopl

O treinador Mike Johsnton disse que Dupuis irá progredir através do contato, mas por enquanto este contato será controlado. Ele comentou que Dupuis irá participar dos treinos ao longo dos próximos dias. “Meus colegas já estão tentando me evitar já”, comenta sorrindo Dupuis. “Estou vestindo a camisa vermelha por ordem dos treinadores e médicos, mas se você me perguntar, eu estaria vestindo uma camisa preta e batendo em todo mundo”.

Dupuis, 35 anos, ficou fora de 6 a 8 meses em recuperação, depois de uma cirurgia no joelho para reparar um ligamento rompido no dia 12 de fevereiro. Ele sofreu a lesão no dia 23 de dezembro, jogando contra o Ottawa, vindo a perder o restante da temporada. Ele começou a patinar novamente em junho e tem praticado no gelo de 3 a 4 vezes por semana desde então.

940-dupuis-pascal

“Acho que ele faz muita falta no vestiário, e ter um cara como ele por perto mantém o clima animado. Ele é um bom líder, e um ótimo jogador. É muito bom tê-lo de volta”, comenta Chris Kunitz. Dupuis odiou se sentir isolado de seus companheiros de equipe na última temporada, e está ansioso para fazer parte da equipe novamente.

“Foi como se sentir em outro planeta. Eu estava lá, me recuperando para voltar 100%, mas, ao mesmo tempo, queria estar batalhando com meus colegas e tentando ganhar alguns jogos de hóquei. Essa foi a parte mais difícil”, disse Dupuis. “Mas é bom estar de volta e ser um companheiro de equipe normal, ser um cara normal e estar de volta aos treinos com os caras”.

Nos acompanhe no Facebook, clicando na Imagem:

Capa

LET’S GO PENS!

Começou o Campo de Treino 2014

fitnesstest20143

Começar a Temporada com Star me Up do Rolling Stones:

Agora as férias acabaram oficialmente! A estação de hockey está prestes a começar pois o Campo de Treino do Pittsburgh Penguins chegou. Um total de 55 jogadores (32 atacantes; 17 defensores e seis goleiros) realizaram uma caminhada nesta quinta-feira (18) no Consol Energy Center para se apresentar no primeiro dia do Campo de Treino.

Os jogadores passarão inicialmente por uma adequação, onde são realizados exames médicos e reuniões de equipe. Nesta Sexta-feira será a primeira vez que os jogadores e comissão técnica irão para o gelo juntos para o primeiro treino oficial da Temporada 2014-15.

Fitness-Testing-9-18-14-13

“Estou ansioso com o Campo”, disse o novo treinador do Penguins Mike Johnston na terça-feira. “Já estava sendo pensado há algum tempo e finalmente iremos começar, de modo que será realmente emocionante na quinta de manhã”. E complementou, “Eu acho que a prioridade número 1 é conversarmos de como queremos jogar, por isso vamos começar imediatamente com os treinos nos primeiros três dias e colocar o trabalho no quadro”.

02

O Penguins inicia o Campo de Treino após uma offseason com muitas mudanças. Há um novo GM, Jim Rutherford. Uma nova equipe técnica chefiada por Johnston. E o elenco passou por uma grande mudança com a saída de Brooks Orpik, James Neal, Matt Niskanen e Jussi Jokinen. Além da chegada de Patric Hornqvist, Christian Ehrhoff, Steve Downie e Nick Spaling.

fitnesstest201417

Crosby e Malkin não iniciam o Campo de Treino

Os Centers Sidney Crosby e Evgeni Malkin ainda não iniciaram o Campo de Treino. Os dois jogadores sofreram lesões nos últimos dias, e o treinador Mike Johnston não espera o retorno deles em breve. “Temos que ver nos próximos dias. Espero que nenhum deles fique fora por muito tempo. Os treinadores e médicos tem que ser cautelosos nesta época do ano. Iremos ser cautelosos”, disse Jonhston.

A lesão de Crosby não está relacionada com a lesão no pulso direito sofrida na última temporada.

03

Além de Crosby e Malkin, alguns jogadores não irão participar do treinamento nesta sexta-feira, ou irão treinar sob proteção, veja a relação:

Pascal Dupuis irá participar do treino, usando uma camisa vermelha de contato limitado.

Olli Määttä irá participar do treino. Ele irá usar uma camisa vermelha de contato limitado.

Kasperi Kapanen também irá treinar, mesmo depois de sofrer uma lesão no torneio dos Rookies.

Derrick Pouliot não irá treinar com a equipe. Ele irá patinar por conta própria na parte da manhã.

“A boa notícia é que Dupuis tem uma camisa vermelha e ele não quer usá-la. Iremos progressivamente ver o seu rendimento com contato controlado. Ele está muito bem para participar dos treinos nos próximos dias”, disse o treinador Johnston.

“Pouliot pode ficar algumas semanas sem entrar em contato direto. Vamos ver o seu progresso. A lesão dele (no ombro) é um pouco mais complicada”, disse o treinador.

Bx1Jep0IgAAYNJw

Aqui estão algumas das perguntas que precisam ser respondidas durante este Campo de Treino:

Qual será o novo sistema de Mike Johnston e quanto tempo irá levar para os jogadores se adaptarem?

Quem serão os 6 principais atacantes?

Quais serão as defesas que irão começar a temporada?

Quem será o reserva de Marc-Andre Fleury?

Estas e outras perguntas serão respondidas durante os treinamentos e na temporada regular. E o tempo para as respostas já começou.

1385866_10153141962728765_3728730032395263895_n

Nos acompanhe no Facebook, clicando na Imagem:

Capa

LET’S GO PENS!

Elenco 2014-15: Beau Bennett #19

beau-bennet

Posição: Right Wing (RW) – Ala Direita

Número: 19

Altura: 1,88 mt

Peso: 88 kg

Mão: Direita

Nascimento: 27 de novembro de 1991 (Idade 22)

Local de nascimento: Gardena, CA, Estados Unidos

 

Beau Daniel Bennett, nasceu dia 27 de novembro de 1991 em Gardena, Califórnia nos EUA, onde se formou na Valley Christian High School, no bairro Cerritos. Bennett frequentou a Universidade de Denver até 2012 e foi draftado pelo Pittsburgh Penguins na primeira rodada do draft de 2010. Bennett é o melhor jogador nascido e treinado da Califórnia na história da NHL.

tumblr_static_beau-bennettformelissa

Início

Bennett começou jogando hóquei in-line e fez a transição para o hóquei no gelo quando tinha 15 anos. Na temporada 2008-09, Beau jogou pelo Los Angeles Junior Kings na Liga de Juniores. Em 2009 ele foi jogar na British Columbia Hockey League pelo Penticton Vees. Apenas um novato, Beau foi colocado na linha de frente ao lado do Capitão da equipe Denver Manderson e Alex Szczechura.

Bennett teve um início incrível na temporada, sendo chamado a representar o seu país no Mundial Júnior. Após marcar três gols e quatro pontos, conquistando uma medalha de ouro, Beau voltou a Penticton para marcar dez gols e dez assistências em nove jogos, participando do jogo All-Star da BCHL.

article_29742_2

Próximo do fim da temporada, Bennett sofreu uma lesão e após se recuperar teve que mudar de posição, se tornando um Center, posição que ele nunca tinha jogado. Ele se deu muito bem na posição, e no jogo final da temporada regular, marcou quatro pontos empatando com Mark Zengerle no título da liga em pontos. Marcaram 120 cada, Bennett marcou 41 gols e 79 assistências. Zengerle marcou 33 gols e 87 assistências.

Beau

Nas Finais da Conferência do Interior, os Vees foram eliminados pelos Vipers Vernon. No Jogo 5, Bennett empatou o jogo em 2-2, dando uma sobrevida aos Vees. Depois de receber um passe, ele venceu os defensores e aproximou-se pelo lado direito do gol. Fingiu chutar e passou para o capitão Manderson que mandou para o gol, não dando chance para o goleiro Graeme Gordon dos Vipers. O Vees veio a ser derrotado no jogo 6.

Apesar do infeliz final de temporada, Bennett foi nomeado Rookie do Ano da BCHL.

5621490

Colégio

Em seu primeiro ano na Universidade de Denver, Bennett jogou 37 jogos e registrou 25 pontos, nove gols e 16 assistências, marcando o gol da vitória por 3-2 contra o Alaska-Anchorage. Ele perdeu cinco jogos a partir de dezembro devido a uma lesão no joelho direito. Em seu segundo ano ele jogou 10 jogos, registrando 13 pontos, quatro gols e nove assistências.

Machucou o pulso durante o treino, perdendo quatro jogos. Após se recuperar voltou a jogar marcando cinco pontos (2 gols, 3 assistências). Em dezembro teve que fazer uma cirurgia para reparar um tendão rompido em seu pulso, perdendo os 29 jogos finais da temporada.

No dia 13 de abril de 2012, Bennett assinou um contrato de três anos com o Penguins.

Profissional

Em 14 de fevereiro de 2013, Bennett, que estava jogando na AHL pelo Wilkes-Barre/Scranton Penguins, time de base do Pittsburgh Penguins, foi jogar na NHL. No dia 15 de fevereiro de 2013 jogou seu primeiro jogo na NHL contra o Winnipeg Jets. Marcou seu primeiro gol na carreira profissional contra o Tampa Bay Lightning. Suas participações na temporada regular lhe renderam um lugar na equipe titular durante os playoffs de 2013, onde ele marcou seu primeiro gol em playoff contra o New York Islanders.

beaubennett

Durante a temporada 2013-14, Bennett quebrou o pulso jogando contra o Islanders, retornando ao time quatro meses mais tarde, dia 28 de março de 2014 contra o Columbus Blue Jackets. Neste jogo, Beau marcou o gol da vitória por 2-1.

Prêmios:

2009-10 – Rookie do Ano, BCHL

2009-10 Brett Hull Trophy (troféu entregue ao artilheiro da BCHL)

September 11, 2013 - Pittsburgh Penguins Creative Day video shoot at the Consol Energy Center.

Temporada Regular 2013-14:

Perdeu 50 jogos devido a lesão no pulso. 23 de novembro a 27 de março

Voltou de lesão no pulso e marcou 5 pontos (3Gols – 2 Assistências)

Em Casa: 12 jogos / 0 Gols / 3 Assistências / 3 pontos

Fora: 9 Jogos / 3 Gols / 1 Assistência / 4 Pontos

Playoffs 2014:

Marcou seu segundo gol em playoffs contra o Columbus Blue Jackets, com assistência de Brandon Sutter

Casa: 6 Jogos / 1 Gol / 2 Assistências / 3 Pontos

Fora: 6 Jogos / 0 Gols / 2 Assistências / 2 Pontos

beau_bennett_pittsburgh_042513

Elenco 2014-15: Craig Adams #27

tumblr_ljgydj5oPw1qarny9o1_500

Posição: Right Wing (RW) – Ala Direita

Número: 27

Altura: 1,83 mt

Peso: 90.72 kg

Mão: direita

Data de Nascimento: 26 de abril de 1977 (Idade 37)

Local de nascimento: SERIA, Brunei Darussalam

Craig D. Adams nasceu em 26 de abril de 1977. Nasceu em Seria, mas foi criado em Calgary no Canadá. Adams ganhou duas Copas Stanley: Hurricanes (2006) e Pittsburgh Penguins (2009).

craigadamsbeard

Adams foi selecionado na 9ª rodada do draft de 1996 da NHL, pelos Hartford Whalers, onde ganhou a distinção de ser o último jogador draftado pela equipe. Adams foi draftado após sua temporada de calouro na Universidade de Harvard, onde sofreu uma lesão no ombro no fim da temporada, em um jogo contra a Universidade de Wisconsin-Madison.

107834903_crop_650x440

Adams fez sua estreia na NHL na temporada 2000/01 com o Hurricanes e tem permanecido na liga desde então. Em 2004/05 ele assinou com a equipe italiana Milano Vipers, durante o bloqueio da NHL. Lá ele conquistou o campeonato italiano. Em 25 de agosto de 2005 ele assinou um contrato com o Mighty Ducks de Anaheim, mas foi negociado de volta aos Hurricanes em 3 de outubro, poucos dias antes da NHL começar. Foi nesta temporada que Craig ganhou sua primeira Copa Stanley.

Stanley Cup Finals Pittsburgh Penguins v Detroit JnWwJVByEKtl

Em 17 de janeiro de 2008 ele foi negociado com o Chicago Blackhawks por uma escolha no draft de 2009. Durante a temporada, Adams assinou com o Pittsburgh Penguins, onde conquistou seu espaço na quarta linha e ajudou o Penguins a conquistar a 3ª Copa Stanley da franquia em 2009. Em 29 de junho de 2009, Adams renovou seu contrato com o Penguins por mais cinco anos.

Em 9 de junho de 2011, Adams renovou seu contrato novamente com o Penguins por mais dois anos e em 2013 renovou por mais dois anos. No dia 3 de outubro de 2013, Adams marcou seu 50º gol da carreira no jogo contra o New Jersey Devils.

Adams é casado com Anne, filha do ex-governador de Massachussetts Paul Cellucci, que também foi embaixador dos EUA no Canadá. Ele tem dois filhos, o mais velho Rhys Argeo Adams, nascido em 2007 e a filha Francesca Alice Adams, nascida em 5 de maio de 2009.

NHL Eastern Conference Practices zYXEJHzpfWQl

Temporada Regular 2013-14:

2º melhor da equipe em Hits: 190

Marcou seu 5º gol do ano contra o Winnipeg Jets no dia 3 de abril – Seu maior número de gols com o Penguins

Jogou seu 276º jogo consecutivo contra o Tamba Bay Lightning, no dia 22 de março, superando Nick Harbaruk, 3º jogador com maior número de partidas consecutivas do Penguins

Marcou seu 50º gol da carreira em seu 800º jogo na NHL contra o New Jersey Devils no dia 3 de outubro

Em casa: 41 Jogos / 2 Gols / 4 Assistências / 6 Pontos

Fora: 41 Jogos / 3 Gols / 2 Assistências / 5 Pontos

PHO-10Feb07-203495

Playoffs 2014

2º melhor da equipe em Hits: 35

Jogou seu 100º jogo de Playoff contra o New York Rangers dia 2 de maio

Marcou seu primeiro gol em playoff na carreira contra Sergei Bobrovsky do Columbus Blue Jackets, dia 23 de abril.

Em Casa: 7 Jogos / 0 Gols / 1 Assistência / 1 ponto

Fora: 6 Jogos / 1 Gol / 0 Assistência / 1 Ponto

Scott Hartnell Pittsburgh Penguins v Philadelphia pfkP8V0_JJUl

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Letang está ansioso para começar de novo

11 October 2011: Pittsburgh Penguins defenseman Kris Letang (58)  skates up ice during the third period in the Pittsburgh Penguins 4-2 win against the Florida Panthers at the Consol Energy Center in Pittsburgh, Pennsylvania.

O termo “novo começo” está sendo muito utilizado pelo Pittsburgh Penguins nesta pré-temporada. Mas este “novo começo” está sendo ainda mais significativo para Kris Letang. Isso porque ele está saudável depois de sofrer um grande susto na temporada passada, quando sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 29 de janeiro com apenas 26 anos de idade.

kris-letang-400

No dia 9 de abril, Letang conseguiu voltar ao gelo depois de uma ausência de 10 semanas, perdendo 37 jogos por causa do acidente. Ou seja, foi uma temporada com mais baixos do que altos. Esta pré-temporada foi fundamental para Letang, onde ele conseguiu repor as energias tanto mentalmente quanto fisicamente. O duas vezes NHL All-Star e finalista do Norris Trophy, vai agora para o Campo de Treinamento deixar tudo o que aconteceu na temporada passada pra trás e voltar ao melhor do seu jogo.

“Eu quero ter certeza que ninguém irá duvidar de mim e o trabalho que irei fazer”, disse Letang. “Mas eu acho que basicamente, eu só quero provar a mim mesmo, que deixei o passado para trás e começar a olhar para frente”. Letang é conhecido por ter um trabalho físico que faz sua patinação ser excepcional, grande parte graças ao intenso regime de treinamentos que ele vem fazendo com Jonathan Chaimberg no Centro de Desempenho Adrenaline em Montreal.

Letang não mudou nada de sua rotina nesta pré temporada, “na verdade, acho que fui ainda melhor. Tinha tudo sob controle, consultando sempre os médicos. Acho que exigi até um pouco mais do que deveria e me senti muito bem”, disse Letang, que vai agora para sua oitava temporada na NHL.

Letang também recebeu uma visita durante as férias do treinador Mike Johsnton, em sua residência em Montreal. “Foi ótimo, jantamos por quatro a cinco horas. Falamos de hóquei e ele queria me conhecer melhor, saber que tipo de pessoa eu sou”, disse Kris, que comenta que está ansioso para ver a equipe sob o comando de Johsnton, “toda vez que você tem algo novo na vida, você fica muito animado. Eu acho que será um novo começo e todo mundo está animado”.

Penguins-defenseman-Kris-Letang-agree-on-8-year-deal

Análise – NHL 15: É BOM MAS não convence

NHL15

Eu gosto muito da NHL, principalmente porque joguei muito NHL 94. Ano passado, quando o NHL 14 anunciou que vinha com um modo aniversário, que fazia uma homenagem ao NHL 94 não pensei duas vezes antes de comprar o game para Xbox 360. Sem arrependimentos, passei meses no modo carreira, fazendo o meu jogador começar nas divisões de base, depois ser draftado, ganhar a Memorial Cup, Stanley Cup e finalmente ser o melhor da Liga. A jogabilidade era incrível e empolgante, fazendo eu gostar ainda mais da própria NHL, entendendo os jogos, o funcionamento da Liga e a carreira dos jogadores e GM.

Com o anúncio do NHL 15 para a nova geração, a cabeça explodiu, mostrando gráficos incríveis como a roupa dos jogadores se mexendo livremente e também a torcida viva, reagindo às jogadas, com placas com mensagens aos jogadores no banco, algo que nunca se viu em nenhum jogo de esporte antes. Mas nem tudo são flores. E depois de ver o que o NHL 15 traz, os gráficos são a única coisa que você realmente vai gostar.

Game completo Oilers vs. Penguins:

Pra começar, algumas características de modos de jogo desapareceram da franquia, além de algumas características de jogabilidade estarem muito reduzidas, com muito menos opções do que no jogo anterior. A ação sobre o gelo ainda é bastante impressionante e está tudo muito bem enfeitado e o hóquei está bem refinado, com novos e impressionantes recursos visuais e de som.

Quando os representantes da EA dizem que irão começar a franquia do zero, acredite. Apenas os aspectos essenciais do jogo foram mantidos. Você pode jogar jogos individuais tanto solo e off-line, com os times da NHL e praticamente todos os outros grandes ligas de hóquei do planeta. Dentre os modos que retornam estão: EA Sports Hockey League Online? Está lá. Jogar com seu time online?Ok. Modo temporada? Ok. Torneios e lutas pela Stanley Cup? Ok. Modo GM? Está lá. Ser uma Lenda? Ok. Viver a Vida? Está lá. Winter Classic? Ok. Capacidade de criar equipes e editar jogadores individuais? Ok e ok.

Modo GM da vergonha

276225-NHL

O Modo ser um GM permite percorrer até 25 temporadas no comando do seu clube favorito da NHL, que funciona um pouco como um modo de temporada padrão, onde você pode também jogar alguns jogos. O Hockey Ultimate Team retorna em NHL 15, mas eu acho muito complexo para se desfrutar plenamente, mas é legal fazer a coleção.

Como mencionado antes, algumas coisas foram diminuídas. No modo Seja um GM, você pode escolher apenas times da NHL. Toda a AHL, e outras Ligas Menores, além das equipes estrangeiras foram removidas desse modo. O nível de controle do GM também foi diminuído. Ao final da temporada o game lhe dá um monte de novas perspectivas aleatórias. Não há também jogos de pré-temporada. Enfim, o modo GM está muito reduzido, não valendo a pena jogá-lo.

Modo Be a Pro desanima

nhl-15-ea-e3

O modo carreira, ou o Be a Pro (o meu preferido) está quase impossível de se jogar agora. Como no modo GM, as Ligas menores foram excluídas desse modo também. Assim você não tem como criar seu jogador nas ligas menores, evoluí-lo para ele chegar um monstro chutando bundas na NHL. Agora, após criar o seu jogador, você escolhe o seu clube favorito da NHL, ou pode deixar o jogo colocá-lo em algum time aleatoriamente.

O feedback do treinador a cada partida também foi retirado, tirando ainda mais a experiência de estar realmente fazendo uma carreira no hóquei. Imagine, sem um treinador para elogiar ou repreender, tudo o que se faz no game parece falso e inútil.

Agora vem a parte mais chata. Agora quando você está sentado no banco, não é mais permitido pular até o seu próximo turno. É preciso esperar, assistir o jogo do banco, até ser chamado novamente.

A área de personalização é outra piada de mau gosto da EA. Uma novidade é que você pode escolher ser homem ou mulher, isso é bacana pois nenhum outro game permite, porém você escolhe uma face pré definida e não pode alterar mais nada dela. As habilidades para criar jogos e personalizar estratégias da equipe também sumiram. O modo de treinamento está limitado a um treino um contra um, com um goleiro.

Vídeo mostrando criação de jogador na Nova Geração:

Vamos ver se no gelo o jogo se salva.

NHL 15 continua sendo um jogo muito bom de hóquei, com colegas e oponentes inteligentes no gelo. Mas está muito parecido com o jogo anterior, com algumas melhorias devido à renovação da IA (Inteligência Artificial). Os defensores são mais espertos. Eles se aproximam mais de seus oponentes (às vezes até demais) e se adaptam se o jogador ficar muito previsível. As equipes estão jogando mais parecidas com as equipes da vida real. O Minnesota Wild por exemplo, usa a mesma estratégia, confiando em contra-ataques para ganhar as partidas.

NHL-15-Ehrhoff

É quase possível sentir a lâmina cortando o gelo, devido ao realismo que a versão para a nova geração oferece. O disco está mais autêntico também. Na nova geração, o visual e som tem realmente suas vantagens. Os gráficos são notáveis quando se trata do rosto dos jogadores, se aproximando do foto realismo. Até expressões faciais específicas, como sorrisos e caretas acontecem, quando o jogador reage no gelo.

As arenas e a torcida foram totalmente refeitas. Rinks foram modelados idênticos aos reais e as arquibancadas contam com milhares de indivíduos com diferentes características faciais, camisas, e assim por diante. Os jogadores foram divididos em camadas diferentes para o corpo, equipamento e vestuário. Uma nova tecnologia faz o pano dos uniformes sempre tremularem, fazendo com que as jerseys se pareçam com a capa do Superman. E tudo é um pouco brilhante demais.

nhl-15-td-garden

Os efeitos sonoros da Arena são poderosos. Os ruídos do gelo, comemorações e principalmente a torcida é bem tagarela. Eles reagem com aplausos e vaias para boas e más jogadas. Você pode receber vaias até mesmo de sua própria torcida se não fizer uma boa jogada. A trilha sonora do game está cheia de Rock Genérico nos menus. Já se foi o tempo de The Black Keys e Judas Priest.

Nos consoles da nova geração, os jogos são praticamente uma transmissão da NBC, apresentadas por Doc Emrick e Eddie Olczyk, com Ray Ferraro próximo aos bancos. Os comentários são muito bons, com um enorme número de observações específicas sobre os jogadores.

Nos consoles da antiga geração, o jogo é muito idêntico ao anterior, tirando claro, as funcionalidades de modos de jogo mencionadas anteriormente.

Comparação entre as gerações:

NHL 15 tem um bom jogo no gelo, mas no geral não é convincente e parece inacabado em alguns momentos. Muito trabalho é necessário ao longo dos próximos meses para ser feito um jogo promissor com todas as características do jogo que os fãs da série querem e merecem.

1

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Treinador do Penguins quer “diminuir a carga” em Crosby

163361876

Mike Johnston, o novo técnico do Pittsburgh Penguins entende que muito de seu sucesso como treinador do Penguins irá depender do desempenho do “Monstro de Duas Cabeças”, ou melhor, dos Centers Sidney Crosby e Evgeni Malkin. Até mesmo por isso, durante a offseason, Johnston viajou até a Nova Escócia e Moscou para passar um tempo com os jogadores.

Em entrevista ao Tribune-Review, Johnston comentou que se o Penguins quer chegar a outra Stanley Cup, isso não é trabalho para um homem só. Ele disse que a equipe precisa “aliviar a carga” em Crosby, que marcou apenas um gol em 13 jogos nos playoffs e atraiu intensas críticas dos fãs pelo seu desempenho, pela primeira vez em sua história no time.

53ab96585d6e1.image

“Nunca deve-se questionar sua ética de trabalho ou seu compromisso”, disse Johnston sobre Crosby. “Para cada ano dele na NHL, suportando toda a carga que ele carregou, acredito que ele fez um trabalho fenomenal. Temos que diminuir a carga? Sim. Temos que fazer com que outros jogadores da equipe tirem um pouco da responsabilidade dos ombros de Crosby – tanto em liderança e também no desempenho. Ele é o capitão, um líder, mas continua sendo Sid”.

Como o Penguins facilitarão as coisas para Crosby e até certo ponto para Malkin? A proposta não está exatamente clara. O ataque é o mais importante, diz o GM Jim Rutherford, e depois de trazer potenciais atacantes como Patric Hornqvist, Nick Lascamento e Steve Downie, assim como o defensor Chistian Ehrhoff, Rutherford acha que a equipe vai muito bem.

53af9d5895569.image

“Temos um grupo muito equilibrado na frente. Dito isso, todo mundo tem que fazer o seu trabalho. Sabemos quem são os melhores jogadores do time e sabemos quem irá decidir mais jogos para nós. Mas para alcançarmos nosso objetivo, todos devem contribuir. Para isso devemos tirar um pouco da pressão dos nossos jogadores mais importantes”, disse Rutherford.

Além de tudo temos Evgeni Malkin e poucos são capazes de parar um Malkin determinado. Basta olhar para seu hat-trick no Jogo 6 contra o Columbus Blue Jackets na primeira rodada dos playoffs ou os três gols e sete pontos que ele marcou contra o Rangers. Johnston foi a Moscou junto ao treinador de condicionamento físico e força Mike Kadar, que vai todos os anos, no final de julho se reunir com Malkin. A conversa não se concentrou em torno de hóquei, mas sim em conhecer Malkin.

BlYRpCjCcAEmGSA

“Não falamos de Power-Play ou Penalty-Kill” disse Johnston sobre seus encontros na offseason. “Foi mais sobre o que eles gostam de fazer, sua situação familiar e como cresceram. Eu acho que se você conhece mais a fundo o jogador, isso ajuda na transição para uma nova equipe técnica e também o novo grupo de gerenciamento. Geno me parece um cara otimista e muito engraçado”.

Provavelmente Crosby e Malkin não ficarão relaxados por muito tempo, mas se sentirão mais confortáveis em um grupo relativamente novo. Nisso, há uma boa chance de Johnston conseguir sucesso.

evgeni-malkin-and-sidney-crosby-are-looking-for-another-stanley-cup-in-2013

Nos acompanhe no Facebook, clicando na Imagem:

Capa

LET’S GO PENS!

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Penguins não irá renovar contrato de Fleury antes da temporada

1758821

Em notícia surpreendente, o Pittsburgh Penguins tornou oficial. O contrato de Marc-Andre Fleury não será renovado antes do início da temporada. A equipe podia ter assinado dia 1º de julho, e já é quase setembro, por isso já era esperado que Pittsburgh tomasse essa decisão.

O GM do Penguins, Jim Rutherford disse ao Tribune-Review nesta segunda-feira (25) que renovar com Fleury, não é uma de suas intenções no momento. “Não estou com pressa de renovar o contrato dele”, foram essas as palavras de Rutherford. Dessa maneira, dia 1º de julho de 2015 provavelmente estaremos nos despedindo de Marc-Andre.

fleury-ovechkin

Caso Fleury vacile muito durante a temporada ou não consiga levar o time até os Playoffs, talvez seja hora de encontrar um novo goleiro logo. Fleury ganhou somente duas séries de playoff nas últimas cinco temporadas. O objetivo é fazer com que o Penguins chegue aos Playoffs e para isso já demitiram o treinador e o GM por não trazer resultados. Fleury foi um dos mais criticados nas últimas temporadas, cometendo vários erros nos playoffs comprometendo o Penguins, assim se o goleiro da “franquia” não pode conseguir êxito, ele irá se juntar a lista de ex-Penguins.

Caso Fleury jogue muito bem nesta temporada, ou mesmo jogue tão bem quanto na última, ele estará na seleta lista dos dez melhores pisos salariais de goleiros da NHL. Até os goleiros de baixo rendimento como Ryan Miller (US $6 milhões) e Kari Lehtonen (US $5,9 milhões) assinaram recentemente grandes negócios. Muitas equipes estão gastando bastante com goleiros.

88473693_slide

Os US $ 5 milhões pagos para Fleury, é o 15º maior salário da NHL nesta temporada entre os goleiros. Fleury se aproxima de seu aniversário de 30 anos e seu estilo borboleta, exige muito dos quadris do goleiro e com o tempo, naturalmente, corrói a capacidade atlética e rapidez que o tornou a Primeira escolha do Draft de 2003.

MAFmmmmNo momento não temos um quadro muito promissor de goleiros no Penguins. O reserva de Fleury nesta temporada, Thomas Greiss, está programado para se tornar Agente Livre na próxima temporada e Jeff Zatkoff está com seu contrato assinado até essa temporada (2014-15), com um salário de US $ 600 mil dólares.

Matt Murray está apenas começando a jogar profissionalmente este ano, mas sua jornada está no início. Ele tem 21 anos e provavelmente não estará pronto para a ação da NHL nesta temporada. O prospecto Tristan Jarry venceu a Memorial Cup, com apenas 20 anos este ano, e com pouca ou nenhuma experiência profissional, provavelmente não está pronto para assumir seu papel na NHL.

Perder Fleury pode assustar no momento, mas quando olhamos o mercado, onde bons goleiros (Cory Schneider, Jonathan Bernier, Bem Bishop, Robert Luongo) são negociados o tempo todo, muitas vezes as equipes podem adquirir um sem abrir mão de muita coisa.

O ex-goleiro do Penguins, GM Jim Rutherford, está fazendo movimentos no sentido de limpar a sala e reter o máximo de flexibilidade para um futuro próximo, principalmente mantendo recursos para vencer a Stanley Cup. Pensando dessa maneira até faz sentido, porque na temporada passada sofremos com várias lesões e isso atrapalhou muito o Pens. É provável que Rutherford não fique muito tempo na cadeira de GM, por isso não quer se afundar em compromissos a longo prazo, como a extensão de contrato de Fleury.

Nos acompanhe no Facebook, clicando na Imagem:

Capa

LET’S GO PENS!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

30 em 30: Pittsburgh Penguins

pittsburgh

Todo ano o site da NHL faz uma pré-visualização da temporada 2014-15, olhando com profundidade para as 30 equipes da NHL em 30 dias. Aqui está o 30 em 30 do Pittsburgh Penguins.

Depois de mais um decepcionante Playoff da Stanley Cup, o Pittsburgh Penguins tomou uma nova direção realizando várias mudanças. Nesta temporada o Penguins irá definir se as mudanças valeram a pena ou não. O Pittsburgh foi eliminado na segunda rodada das finais da Conferência Leste pelo New York Rangers, mesmo liderando a série em 3-1.

New-York-Rangers-

Há cinco anos, desde a conquista da Stanley Cup de 2009, o Penguins não consegue chegar a uma final e esta insatisfação fez com que fosse realizadas mudanças drásticas em toda a organização. Pra começar o Gerente Geral Ray Shero foi demitido dia 16 de maio, em seguida o treinador Dan Bylsma. No dia 6 de junho foi contratado o novo GM, Jim Rutherford, e o novo treinador Mike Johnston. Os dois substituíram a dupla que desempenhou um papel fundamental no estabelecimento do Pittsburgh Penguins como uma das franquias mais proeminentes nos últimos anos.

Um dos primeiros atos de Johnston como treinador do Penguins foi o de falar com Sidney Crosby sobre uma possível cirurgia no pulso. “Nós não falamos muito sobre a lesão. Conversamos mais sobre como ele está se sentindo e a situação da equipe. Uma oportunidade de trocar ideias com ele”, disse Johnston.

7623302

Rutherford não demorou muito para mostrar suas garras no time, demitindo Bylsma e contratando Johsnton e também negociando James Neal na primeira rodada do Draft 2014 com o Nashville Predators em troca dos atacantes Patrick Hornqvist e Nick Spaling. Neal foi o pilar na segunda linha do Penguins, marcando 40 gols enquanto esteve em Pittsburgh.

Mas as críticas sobre ele foram demais, principalmente sobre suas decisões questionáveis sobre o gelo, que desempenhou um fator importante para ele ser negociado, disse Rutherford. Hornqvist provavelmente irá tomar o lugar de Neal ou o de Jussi Jokinen, que assinou com o Florida Panthers durante a Agência Livre, ficando ao lado de Evgeni Malkin.

Hornqvist poderia se beneficiar jogando com Malkin, da mesma maneira que Neal, quando veio do Dallas Stars durante a temporada 2010-11. O defensor Matt Niskanen que também veio nestas negociações da temporada 2010-11, assinou e irá jogar no Washington Capitals junto ao defensor Brooks Orpik. Com isso o Pittsburgh Penguins ficou com um rombo na defesa, que foi parcialmente preenchido com a contratação de Christian Ehrhoff.

5342b4a01f66f

Kris Letang, Paul Martin, Olli Määttä e Ehrhoff parecem definir a defesa, mas ainda há oportunidade para um jovem jogador poder jogar na defesa do Penguins. O defensor Simon Despres poderia receber outra chance de mostrar seu potencial. O defensor Brian Dumoulin, que jogou apenas seis jogos da NHL, e Derrick Pouliot, que se recupera de uma cirurgia no ombro, também podem ser titulares na noite de abertura da temporada.

“Há sempre uma oportunidade. Eu só quero provar que eu posso fazer parte desta equipe e vou fazer de tudo, desde agora até quando me colocarem na melhor posição para ter uma oportunidade. Vou me dedicar ao máximo no Training Camp (Campo de Treinamento)”, disse Dumoulin.

O Penguins irá começar esta temporada muito diferente da equipe da temporada passada. Crosby, Malkin, Letang e o goleiro Marc-Andre Fleury permanecem o núcleo da equipe. Por isso existe uma enorme incerteza em torno do Pittsburgh, que não se via em temporadas passadas.

Pittsburgh-Penguins-Sidney-Crosby-and-Marc-Andre-Fleury-640x427

Além de se encontrar com Crosby, Johnston foi até a Rússia falar com Malkin. Sua intenção foi a de se reunir com alguns jogadores, eliminando as incertezas. “É isso que quero fazer com nossos jogadores, ter a oportunidade de conhecer o pessoal. Conhecendo suas personalidades, posso conhecer mais de suas capacidades no Training Camp”, disse Johsnton.

É  isso. Faltam menos de 50 dias para o início da Temporada.

30 em 30:

Nos acompanhe no Facebook, clicando na Imagem:

Capa

LET’S GO PENS!