TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

terça-feira, 4 de junho de 2013

Pós Jogo - Penguins 1 @ 6 Bruins (JOGO 2 - ROUND 3)



Inacreditável. Essa palavra talvez resuma o jogo de ontem e atuação dos Pens na série até o momento. Antes eu acreditava que vencendo os dois jogos em casa a série ficaria muito bem encaminhada, hoje já não sei mais no que acreditar e nem se devo acreditar em algo.

Se lembram que no último pós-jogo eu havia dito que aquela havia sido a pior partida do Penguins na temporada? Pois é, esqueçam. O jogo 2 sem dúvida superou com sobras a atuação pífia do jogo 1. Arrisco a dizer que essa talvez tenha sido a pior partida dos Pens no ano de 2013, mesmo sabendo que ainda teremos vários jogos esse ano.

Ontem pode ter sido a última partida do Penguins em casa na temporada 2012-2013. Não me surpreenderei se a equipe voltar de Boston de férias... Embora seja péssimo dar essa notícia, os Pens estão em maus lençóis e a um passo da eliminação.

E por que o Penguins está tão mal na série? Alguns tentam explicar por meios táticos alegando uma forte marcação do Bruins na zona neutra, outros preferem atribuir as derrotas aos erros defensivos e falta e ofensividade. Me perdoem, mas sejamos francos, existe muita coisa além disso e algo está muito mal explicado.

Ontem a CEC estava lotada, preparada para festejar o empate na série. Mas, logo no começo, os rostos felizes por estarem acompanhando de perto a partida mudaram as expressões para traços de desespero.
O relógio não marcava nem um minuto de jogo quando Crosby cometeu um grande erro e deixou Marchand cara a cara com Vokoun para fazer o primeiro gol dos visitantes. Ali foi-se toda tática, todas as conversas de vestiário e o planejamento do jogo... O Penguins perdeu-se de tal maneira que até agora não se encontrou.
Aproveitando-se do mau momento vivido pelos Pens, Horton contou com uma grande ajuda de Letang para aumentar a vantagem do Bruins após um rebote em frente ao gol.
Minutos depois foi a vez de Krejci fazer o terceiro dos visitantes e mandar Vokoun para o banco. Em seu lugar entraria Fleury com a missão de fechar o gol e rezar para que o time empatasse a partida.
Para aumentar o sofrimento e dar esperanças ao torcedor, Sutter descontou para os Pens... Mas, segundos depois Marchand colocou a vantagem em 3 gols novamente ao fazer o quarto do Bruins.

Se no primeiro período uma chuva de gols adversários colocou o Penguins à 40 minutos de mais uma derrota, na segunda parte do jogo a partida ficou completamente sem emoção. O Bruins abdicou do ataque para se defender e o Penguins não consegui criar nenhuma grande chance de gol.
Foram 20 minutos que pareciam de um jogo amador, muitos erros bizarros e a torcida cada vez mais ia começando a perder a paciência. O soar da sirene acordou à todos que sentiram sono durante o segundo período, só não acordou o time dos Pens.

O terceiro e último período era a última esperança de uma virada histórica, mas com apenas 1 minuto de jogo as chances diminuíram ainda mais. O Bruins fez seu quinto gol e a partida já conhecia seu vencedor antes mesmo de terminarem os 60 minutos...
Ainda tivemos que aguentar mais algum tempo de sofrimento e insatisfação com os diversos erros da equipe, que ainda por cima foram coroados com chave de ouro no final, quando o time de Boston fechou a conta fazendo o sexto e último gol.
Pittsburgh definitivamente, não teve uma boa noite.

OBS1: Letang, Crosby e Malkin estavam em dias horríveis. Nenhum dos três conseguiram jogar bem e todos erraram muito...
OBS2: Nenhum dos gols foi falha aberta de Vokoun.
OBS3: A torcida foi embora antes mesmo do jogo acabar, tamanha a humilhação sofrida.

GOLS DO PENGUINS: Sutter.
ASSISTÊNCIAS DO PENGUINS: Cooke e Martin.
GOLS DO BRUINS: Marchand (2), Bergeron, Krejci, Horton, Boychuk.
ASSISTÊNCIAS DO BRUINS: Jagr (2)Krug, Horton, Lucic, Bergeron, Boychuk, Thornton e Campbell.

NOTA DO 1º PERÍODO: 1.
NOTA DO 2º PERÍODO: 2.
NOTA DO 3º PERÍODO: 2.

TROFÉU DO JOGO: Sutter. Tem que premiar quem consegue marcar um gol mesmo com a equipe tão mal na partida.
FOGUEIRA DO JOGO: Crosby. Nosso capitão foi muito mal! Falhou no primeiro gol, perdeu diversas vezes o puck e cometeu erros de passes amadores. Definitivamente não era o mesmo Sidney Crosby que jogou a série contra o Senators.

A SÉRIE ESTÁ DIFÍCIL, MAS NÃO ESTÁ ACABADA. PRA CIMA DELES GUERREIROS DO TETRA... VAMOS VIRAR ESSE PLACAR! FALTAM 8 VITÓRIAS PARA A STANLEY CUP.

Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com tudo o que foi dito, ontem foi humilhante ver o nosso amado Penguins ser massacrado em CEC. Sei lá um vitória mesmo que por 1 a 0 em boston anima a série

Migdonio disse...

Cara, eu nao vi o jogo porque eu estou em viagem a trabalho, mas pelo que eu li, parece que aconteceu tudo que o que tinha de acontecer de uma vez só.
Torcer para a tempestade ter despejado tudo ontem e agora a bonanza chegar e os bons ventos soprarem.
Boa sorte amanha!!
Lets Go Pens!!!

P.A Coimbra disse...

Anônimo,

Realmente foi feio, mas perder de 1 ou de 10 dá no mesmo na matemática da série, o problema é a moral do time. Qualquer vitória seria boa, mesmo que seja no OT.

Miqdonio,

Aconteceu tudo e mais um pouco! Diversos erros, time totalmente apático que parecia fazer sua estréia no profissionalismo. Agora é esperar o jogo 3 e ver se tudo foi corrigido ou se a equipe realmente não merece vencer a copa.

Postar um comentário