TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

sábado, 21 de dezembro de 2013

Pós Jogo - Penguins 4 vs 3 Flames


Novamente foi difícil, suado e no sufuco. Os pós-jogos parecem se repetir neste período em que a equipe está cheia de desfalques. Os Pens não dão show, mas compensam na garra e na raça, apostam em alguns valores individuais e conseguem a vitória.

Contra o Flames não foi diferente. O time todo teve muita disposição e venceu, mesmo que sofrido, merecidamente. Seja pelo que cada um produziu, ou pela genialidade de Crosby que novamente foi decisivo, os Pens conseguiram o triunfo e agora somam 10 jogos seguidos sem perder jogando em Pittsburgh, além de serem o time mais "quente" da liga com 7 vitórias seguidas.

Vale ressaltar que os jogadores lesionados fazem muita falta, mas os seus substitutos não podem ser criticados. Se são piores na técnica ou na experiência, ao menos estão compensando na raça e na vontade. Todos os rookies, jogadores da AHL e os demais que vem tendo a honra de jogar com a camisa do Penguins estão fazendo por merecer.
É claro, as vezes a falta de alguns atributos (entre eles o entrosamento) acaba prejudicando as atuações e acaba fazendo com que jogos fáceis acabem não sendo os famosos shows que os Pens costumam dar, mas no atual momento vencer é o que basta, e quem está no gelo está dando conta desse recado.

1º PERÍODO.
GOLS DO PENGUINS:
Dupuis e Zolnierczyk.
GOLS DO FLAMES: Nenhum.
SÍNTESE: Os primeiros 20 minutos foram muito tranquilos e facilmente dominados pelo Penguins. A equipe demonstrava alguns momentos de falta de entrosamento, mas nada que impedissem que várias chances fossem criadas.
Os Pens conseguiram dois gols, um deles marcado por Dupuis após uma boa jogada de Crosby e o outro dado para Zolnierczyk por conta de um desvio em um disparo de Bortuzzo. Neal teve a chance de fazer outro gol (quando o jogo ainda estava 0 a 0), mas acertou a trave.
O Flames por sua vez pouco incomodou e chegou ao ataque no máximo em duas oportunidades que foram tranquilamente defendidas por Fleury.

2º PERÍODO.
GOLS DO PENGUINS:
Crosby e Niskanen.
GOLS DO FLAMES: Byron e Cammalleri.
SÍNTESE: No segundo período a partida começou a equilibrar-se um pouco mais. Byron fez um gol para os visitantes e os Pens rapidamente responderam com um golaço de Sidney Crosby. Foi do taco do capitão que também saiu o quarto gol, com um assistência milimétrica para Niskanen no final do período. Os Flames por sua vez não deixaram barato e trataram de fazer o segundo gol segundos após o quarto gol dos Pens.
Fora os 4 gols que deram muita emoção ao período, outras boas chances foram criadas para ambos os lados. Os goalies não trabalharam muito, mas as defesas com certeza tiveram grandes motivos para se cansarem... O jogo estava muito parelho e corrido!

3º PERÍODO.
GOLS DO PENGUINS:
Nenhum.
GOLS DO FLAMES: Hudler.
SÍNTESE: Estatisticamente falando o terceiro período também foi equilibrado, mas na prática houve um leve domínio dos Flames, que levaram mais perigo ao gol de Fleury. Logo no começo Hudler aproveitou-se de uma falha do goalie dos Pens para fazer o terceiro gol dos canadenses na partida, que por pouco não empataram com uma linda jogada que resultou em um puck na trave.
O Penguins até criou boas chances, mas levou pouco perigo e aos poucos ia se preocupando mais em garantir o resultado conseguido do que em aumentar a vantagem. Ao menos a estratégia deu certo o placar ficou por isso mesmo, 4 a 3 para os Pens.

PLACAR FINAL: Penguins 4 vs 3 Flames.

OBS1: O Penguins vinha de 4 jogos seguidos em casa fazendo gols no primeiro minuto, dessa vez o primeiro gol só foi sair com 10 minutos. Não que isso seja ruim, é apenas uma curiosidade!
OBS2: Neal não marcou gols, mas foi muito bem na partida e ajudou muito ofensivamente e defensivamente. Uma pena que sua única boa tentativa tenha pego na trave.
OBS3: Niskanen assustou ao deixar o gelo com suspeita de lesão, deixando assim Despres como o defensor mais experiente (lembrando que Despres é praticamente um rookie). Mas, por sorte tudo ocorreu bem e Niskanen voltou a tempo de ajudar a equipe e fazer seu gol.
OBS4: Dez vitórias seguidas em casa e sete na temporada! Acho que o time encontrou realmente o jeito de jogar, mesmo que muito desfalcado.

TROFÉU DO JOGO: Crosby! Capitão novamente decisivo e suprindo muito bem a falta de Malkin. Fez um lindo gol e participou de outros 2 dando assistências. Mais um jogo em que sua habilidade fez muita diferença.
FOGUEIRA DO JOGO: Fleury. Achei muito perdido na partida, parecia que estava em outro mundo. Tomou dois gols em que mal fez esforço para defender.

Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Gabriel Oliveira disse...

Eu estou muito surpreso como a equipe está se comportando com tantos nomes no DM , Crosby está levando a equipe nas costas e Niskanen pra quem quase foi negociado no começo da Temporada tá muito bom em...

Anônimo disse...

Excelente temporada regular de novo dos pens vem fazendo hein,
estou muito animado para o andar Stanley Cup.

Fábio Barbosa

P.A Coimbra disse...

Gabriel,

Todos estamos surpresos!! A equipe vem rendendo muito bem, vencendo jogos na vontade, na garra! E concordo com o que você disse, Crosby vem sendo um dos principais fatores de impulsão desse time, e Niskanen (como bem lembrado, a "ovelha negra" do começo do ano) vem liderando a defesa e fazendo com que os rookies atuem à altura de jogadores experientes.

A grande questão é... Quando todos voltarem de suas lesões, vale apena mexer nesse time? Com certeza eles terão espaço no lineup, resta saber se a equipe vai manter o padrão de atuação!

P.A Coimbra disse...

Fábio Barbosa,

Pens vem fazendo uma temporada quase perfeita! Se o ritmo continuar o mesmo, a liderança da divisão será conquistada com muita antecedência e restará muito tempo para organizar os ajustes finais rumo a Stanley Cup...

O que resta esperar é a trade deadline, ver se o time se reforçará, as mudanças que poderão ocorrer em adversários... Dai em diante eu traçaria o perfil dos favoritos e me animaria para um possível tetracampeonato da SC!

Postar um comentário