TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Personalidades #5 - Sidney Crosby


Sidney Patrick Crosby, ou popularmente apelidado de "Sid the Kid", é o atual capitão do Pittsburgh Penguins e o segundo jogador da história da franquia a levantar uma Stanley Cup com o "C" na camisa.

Crosby nasceu no dia 7 de agosto de 1987, na cidade de Cole Harbour (Nova Escócia-Canadá). Desde pequeno seu pai o incentivou a gostar de hóquei fazendo com que o menino criasse verdadeira paixão pelo esporte ao assistir seu até então time, o Montreal Canadiens.

Mas ao contrário do que muitos pensam, Sid não apenas cultivou essa paixão pelo hóquei, a mesma foi correspondida e o menino desde criança tinha um talento incrível com o stick. A combinação entre seu dom, e treinos em uma sala de dispensas de sua casa o fizeram despontar rapidamente entre as outras tantas crianças que queriam ser jogadoras de hóquei.

Aos 12 anos, Crosby foi jogar no time de sua cidade, o Cole Harbour Red Wings. Após um ano atuando nesta equipe amadora, Sid foi transferido para mais duas equipes de ligas juniores desconhecidas...
O grande passo para se tornar um jogador profissional veio em 2003, quando o até então garoto, decidiu jogar no Rimouski Océanic da QMJHL.... Suas grandes exibições lhe renderam vários apelidos e comparações, e rapidamente Crosby já estava dando suas patinadas pelas seleções canadenses de base.

Após dar show na QMJHL e nos campeonatos internacionais juniores, Sid era sem dúvidas o principal nome a ser cotado como primeira escolha do draft de 2005. Quis o destino, que justamente nesse ano a ordem de escolhas fosse determinada por um sorteio, já que a temporada havia sido cancelada devido ao locaute.
Quis o destino de novo, que o Penguins adquirisse a primeira escolha geral... Mesmo sem o anúncio oficial, no dia 22 de Julho (data do sorteio), todos sabiam que a escolha dos Pens seria Sidney Crosby.

Chegado o grande dia 30 de Julho, na cidade de Ottawa, Sidney Crosby foi escolhido para ser o mais novo jogador do Pittsburgh Penguins e seu talento promissor trazia ares novos a uma franquia que estava praticamente falida.
Com um time recém montado com valores jovens, Crosby foi a cereja do bolo para acabar a formação de uma equipe muito promissora.

Restava saber se Sid corresponderia a altura de sua fama, e o menino da modesta Cole Harbour não decepcionou! Em sua segunda temporada o jogador foi o maior pontuador da liga, conquistando os troféis Art Ross, Hart Trophy e Lester B. Pearson (atual Lindsay).
Uma temporada depois, já como caitão da franquia, Crosby liderou o Penguins até as finais da Stanley Cup, que culminou no vice-campeonato após a derrota para o Detroit Red Wings.

Mas, mesmo com suas premiações individuais e o status de melhor jogador da liga, Crosby queria mais! Um ano após o vice campeonato, ele novamente liderou a equipe até as finais e dessa vez levantou a Stanley Cup em cima do mesmo Detroit Red Wings que era o atual campeão.
Com a façanha, Sid se tornou o capitão mais jovem a ser campeão da NHL

Um ano após dar alegrias a toda a torcida do Penguins, Crosby também voltou a suas origens e alegrou milhares de canadenses ao marcar o gol da medalha de ouro nas Olímpiadas de Vancouver. Foi a primeira vez que o Canadá venceu o título jogando em casa, e a vitória foi em cima do arqui-rival, Estados Unidos.

Mas, a boa fase loco sucumbiu aos problemas com lesões. Crosby acabou se lesionando gravemente duas vezes, resultando na perda de várias partidas e ritmo de jogo.
Sem ele, o Penguins continuou seu caminho sendo liderado pelo russo Egveni Malkin, porém as chances de vencer a copa eram pequenas e o período sem o capitão foi marcado por eliminações traumáticas nos playoffs.

Atualmente Crosby está recuperado e atuando pelo Penguins! Ele foi o grande destaque da temporada 2012-2013 e é um dos cotados a ser capitão da seleção canadense de hóquei no gelo.

OBS: Sid é um dos jogadores mais supersticiosos da liga, vide abaixo a foto.

"Crosby tem que ser o único a colocar a "fita" em seu stick. Se alguém tocar neles após terem sido colocadas as fitas, ele refaz todo o processo. Ele tira a fita e recoloca a mesma na blade inteira. Quando os Penguins estão jogando fora de casa, Crosby usa as fitas dadas pelo time da casa, não as fitas que o Penguins leva."

"Como se não fosse o bastante, Crosby come nos mesmos restaurantes em cada cidade. Toda vez. Ele também evita falar com sua mãe antes do jogo (a última vez que ele fez isso, sofreu uma séria lesão no jogo daquela noite).

"Finalmente, quando Sid the Kid está no carro ou no ônibus e o veículo passa por um trilho de trem, Crosby tira seus pés do chão e toca o vidro em qualquer lugar do carro".


Comentários
1 Comentários

1 comentários:

Monica Santos disse...

Interessante, como todo grande atleta acumula ao mesmo tempo, tantos admiradores quanto detratores.
Sidney Crosby é um exemplo de atrair na mesma intensidade, amor e ódio, mesmo com jogadores de prestígio reconhecendo o talento do Capitão dos Penguins, ele ainda sim, é alvo de inúmeras críticas negativas e comentários depreciativos.
Mas, apesar do despeito dos seus haters, Crosby é um mito, um atleta completo e que qualquer time gostaria de ter.
Eu, como fã dos Penguins, tenho muito orgulho em dizer que o Capitão é Sid, The Kid.

Postar um comentário