TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

quarta-feira, 29 de maio de 2013

PLAYOFFS 2013 - Penguins @ Bruins - Round #3



A SÉRIE EM RESUMO


A final da conferência será um duelo de gigantes! Penguins e Bruins se enfrentarão em uma melhor de 7 que valerá o Prince of Wales Trophy, além de uma vaga na grande final contra o melhor time do oeste.
Como já havia alertado diversas vezes no blog, o Bruins é uma das poucas equipes que tem um elenco semelhante ao dos Pens e por isso prevejo uma série complicadíssima!
O favoritismo é quase nulo, e ambas as equipes realizaram campanhas muito parecidas nessa pós-temporada. Tanto Pens quanto Bruins se complicaram no primeiro round, mas venceram com soberania o segundo...
Grandes chances do vencedor ser o grande campeão da Stanley Cup!

NOSSA EQUIPE PARA O CONFRONTO



Nenhum lesionado e muitas dores de cabeça para Dan Bylsma. O grande dilema da vez é quanto a entrada de Glass no lugar de Bennett. Já ficou claro que o técnico do Penguins prefere jogar com uma quarta linha muito forte fisicamente, mas talvez essa não seja a saída para vencer o Boston Bruins. Resta esperar e ver o que acontecerá, de certo é apenas a base do time, que será assim:

DUPUIS - CROSBY - IGINLA
KUNITZ - MALKIN - NEAL
MORROW - SUTTER- COOKE
GLASS* - JOKINEN - KENNEDY

ORPIK - MARTIN
LETANG - EATON
MURRAY - NISKANEN

VOKOUN
FLEURY (backup)


PP1: Neal/ Crosby/ Iginla/ Malkin/ Letang.
PP2: Kunitz/ Sutter/ Morrow/ Kennedy/ Martin.
LESIONADOS: Nenhum.

Principal jogador: Crosby.
Outros bons jogadores: Malkin, Iginla, Kunitz, Neal, Dupuis, Vokoun, Letang, Orpik e Morrow.
Jogadores abaixo da média: Eaton e Glass.

* Tanner Glass poderá dar sua vaga à Bennett ou Adams.
* As modificações na 1ª e 2ª linha são em decorrência de uma possível alteração de Bylsma. As mudanças visam quebrar o forte sistema de marcação do Bruins, que certamente colocará Zdeno Chara como a sombra de Sidney Crosby.

NOSSOS ADVERSÁRIOS



O Bruins sofreu muito para vencer o Maple Leafs, a vitória foi obtida em um milagre e no jogo 7. Mesmo tendo sofrido diversos sustos contra o time canadense, a franquia de Boston se reestruturou rapidamente e teve uma grande facilidade para vencer o Rangers e garantir sua vaga na final da conferência.
As grandes "armas" do Bruins são o forte PK, os bons jogos que Bergeron vem fazendo e a experiência do time.
Na temporada regular a franquia terminou em quarto lugar com 62 pontos (10 a menos que os Pens).
Os Bruins se formam dessa maneira:

LUCIC - KREJCI - SEGUIN
MARCHAND - BERGERON - JAGR
PEVERLEY - KELLY - HORTON
PAILLE - CAMPBELL - THORNTON

CHARA - HAMILTON
BARTKOWSKI - BOYCHUK
KRUG - MCQUAID

RASK
KHUDOBIN (backup)

PP1: Lucic/ Bergeron/ Seguin/ Chara/ Jagr.
PP2: Marchand/ Krejci/ Horton/ Bartkowski/ Hamilton.
LESIONADOS: Savard, Redden, Ference e Seidenberg.

Principal jogador: Chara.
Outros bons jogadores: Bergeron, Horton, Marchand, Lucic, Jagr, Seguin, Hamilton e Rask.
Jogadores abaixo da média: Khudobin e Campbell.

AGRAVANTES DO CONFRONTO



1- Caso Iginla e Jagr: Na trade deadline desse ano, Boston Bruins e Pittsburgh Penguins envolveram-se em uma das maiores polêmicas do período de trocas. O nome em questão desejado por ambas as franquias era Jarome Iginla, experiente capitão do Calgary Flames...
Após ser noticiado a ida de Iggy para Boston, o mesmo tratou de mudar o rumo de sua vida e em 12 horas anunciou que estaria indo jogar no Penguins! O anunciou deixou os torcedores do Bruins muito decepcionados, e a saída para esquecer Iginla veio rapidamente.
Dias depois a franquia de Boston anunciou a contratação da ex-estrela do Penguins, Jaromir Jagr.
2- Soberania na temporada regular: Das 3 partidas realizadas na temporada regular, o Penguins venceu as três, sendo duas delas em Pittsburgh e uma em Boston. A vitória mais marcante foi a do primeiro jogo, na ocasião o Bruins vencia o jogo por 2 a 0 até os 5 minutos finais da partida, momento em que os Pens reagiram e viraram o placar para 3 a 2.
3- PP versus PK: Enquanto os Pens tem o melhor PP dos playoffs, o Bruins figura a lista dos melhores PKs. O confronto será o encontro de forças opostas que levaram seus times ao mesmo lugar.

PROBLEMAS E SOLUÇÕES.




Primeiro problema: Chara é um grande jogador, e todos sabemos disso, inclusive o técnico do Boston Bruins! Visando o porte físico avantajado e a grande habilidade defensiva de Chara, é muito provável que o jogador atue como a sombra de Crosby durante a série...
Esse sistema já foi testado durante os jogos da temporada regular entre as duas equipes, e o que me preocupa é que marcação funcionou perfeitamente.
Segundo problema: A grande "arma" do Penguins durante os playoffs vem sendo o forte PP, mas como será que o mesmo se portará diante do melhor PK da liga? Certamente não poderemos deixar tudo para os momentos de vantagem numérica e o principal será aproveitar o máximo de chances criadas, pois o time de Boston não costuma levar muitos gols.

Primeira solução: Se Chara quer marcar individualmente Crosby, sem problemas... Mas Malkin terá que tomar a liderança da equipe e fazer jogos espetaculares afim de realizar seu já conhecido papel e completar a equipe na "ausência" de Sid. Iginla, Kunitz, Neal e Morrow são outros nomes que podem ajudar o russo a quebrar esse galho.
Segunda solução: O PP realmente não funcionará como contra os últimos adeversários, portanto o 5 contra 5 terá que ser a solução imediata. Os Pens terão que jogar melhor que o Bruins quando ambas as equipes estiverem numericamente iguais, e é claro, aproveitar as chances. Isso não descarta criar as chances em PP, apenas deve-se pensar outras formas que não sejam totalmente dependentes desta situação.

RAIO X - PENGUINS @ BRUINS POSIÇÃO POR POSIÇÃO
LUCIC - CROSBY - SEGUIN/ IGINLA
MARCHAND - MALKIN- JAGR/ NEAL
MORROW - SUTTER - HORTON
PAILLE - JOKINEN - KENNEDY

CHARA - MARTIN
LETANG - BOYCHUK
KRUG - MCQUAID

RASK
FLEURY (backup)

Pens e Bruins empatam ofensivamente, destaque para os empates técnicos entre Jagr-Neal e Seguin-Iginla (ambos são justificáveis pois nos dois casos existem 2 jogadores jovens e muito talentosos contra estrelas já consolidadas e com muita habilidade).
Defensivamente o time de Boston leva a melhor, e quanto aos goalies, o Pens perde no quesito titularidade, mas leva a melhor quanto ao backup.

CALENDÁRIO DE PARTIDAS



JOGO 1 - Dia 1/06 - Consol Energy Center, Pittsburgh-PA
JOGO 2 - Dia 3/06 - Consol Energy Center, Pittsburgh-PA
JOGO 3 - Dia 5/06 - TD Garden, Boston-MA
JOGO 4 - Dia 7/06 - TD Garden, Boston-MA
*JOGO 5 - Dia 9/06 - Consol Energy Center, Pittsburgh-PA
*JOGO 6 - Dia 11/06 - TD Garden, Boston-MA
*JOGO 7 - Dia 12/06 - Consol Energy Center, Pittsburgh-PA
Jogos com * poderão ou não ocorrer devido ao andamento da série.
Datas podem ser modificadas à qualquer momento.

AS ARENAS DA SÉRIE


CONSOL ENERGY CENTER (PITTSBURGH-PA)


A Consol Energy Center vem sendo o diferencial do Penguins nos playoffs. Dos 6 jogos disputados em casa, os Pens venceram 5 e perderam apenas um.
A arena tem capacidade para 18,387 torcedores e vive constantemente lotada, principalmente durante os playoffs quando são disponibilizados lugares extras, improvisados entre as escadas.

TD GARDEN (BOSTON-MA)


A arena multiuso mais famosa de Boston abriga os jogos do Celtics (NBA) e do Bruins (NHL). Com capacidade para 17,565 pagantes em jogos de hóquei, o TD Garden vive lotado principalmente a partir da Stanley Cup conquistada pelo Bruins em 2011.
Durante os playoffs a arena recebeu 7 jogos, tendo o Bruins vencido 5 deles e perdido 2. É um dos locais mais difíceis de jogar, principalmente pela pressão da torcida local.


PALPITES PARA A SÉRIE



Placar final: Penguins 4-3 Bruins.
Jogador principal da série: Egveni Malkin.

BOA SORTE AOS GUERREIROS DO TETRA. FALTAM 8 VITÓRIAS PARA A STANLEY CUP.

Comentários
4 Comentários

4 comentários:

Anônimo disse...

Não sei pq mas eu acho que o Malkin pode mesmo brilhar muito nessa série que vai ser dificil, mas seguiremos em frente rumo a final

Migdonio disse...

Eu torç para o Penguins vencer as duas primeiras em casa. Se isso acontecer acho que o Bruins vai sentir o golpe, e ai temos uma chance maior de ganhar um jogo em Boston e voltar para fechar a serie em casa.
Jaromir Jagr sempre foi meu jogador favorito, mas a idade já pesa bastante e isso pode ser um fator decisivo.
Quanto ao Malkin, pode ser o fiel da balança na série, mas ele precisa de fazer penalties bobos quando fica frustrado com alguma situação. Isso pode custar cara.
In Voukuon we trust!

P.A Coimbra disse...

Anônimo e Miqdonio,

Idade pesa, mas nunca podemos subestimar o Jagr... O cara é uma lenda e com certeza vai dar trabalho.
Tirando já os nomes conhecidos como Bergeron, Chara, Lucic, Seguin e etc... Fiquem de olho em um defensor do Bruins chamado Krug. O menino é bom e pode dar trabalho...

Quanto ao Malkin, concordo com os dois ele poderá ser decisivo. E ressalto o que foi dito pelo Miqdonio, só falta a ele um pouco de cabeça fria e parar de fazer penalties infantis.

Continuo com a minha aposta, Penguins em 7! Muito legal ver o pessoal comentando no blog!! Sempre que possível estarei respondendo à vocês e interagindo nos comentários...
GO PENS!

P.A Coimbra disse...

Caso se interessem, existe um grupo no Facebook onde os fans braileiros do Penguins se reúnem... É só me pedir o link!!

Postar um comentário