TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

sábado, 30 de março de 2013

Pós Jogo - Penguins 2 @ 0 Islanders


Tinha tudo para ser um jogo fácil, mas alguns fatores contribuíram para que a partida entre Penguins e Islanders fosse uma das mais complicadas da temporada, e também uma das mais emocionantes.
Por fim, a décima quinta vitória seguida de um time guerreiro que mostrou estar preparado para qualquer situação, se Jarome Iginla ainda não sabia o que era ser um pinguim, ele com certeza descobriu hoje.

Com a vitória o mês de março termina sendo perfeito, nenhuma derrota e todos os pontos possíveis conquistados. Com as derrotas de Devils e Islanders o título da divisão do atlântico está bem encaminhado e parece que as únicas preocupações daqui em diante serão com os jogadores lesionados e possíveis adversários na briga pelo posto de número 1 na conferência leste.

A Consol Energy Center esteve lotada de novo, mais do que o previsto para jogos de hóquei e novo recorde de público na temporada. Tudo isso para assistir a estreia de Jarome Iginla e mais um show do time que melhor vem jogando na temporada.
De uniforme azul, os Pens entraram para aquecer e juntamente a todos os jogadores estava a mais nova estrela da equipe... Os 18673 torcedores que estavam presentes logo começaram a recepção de gala a Iginla que faria seu primeiro jogo na NHL sem ser pelo Calgary Flames.
Terminado o show da torcida no aquecimento, era hora do show do time no jogo...

No primeiro período os Pens foram praticamente dominados pelo Islanders, muito disso em razão da saída precoce de Sidney Crosby do gelo (nosso capitão foi acertado com um puck no rosto, em tiro disparado por Orpik).
Sem Crosby, Letang e Martin as linhas começaram a apresentar problemas, já que a segunda linha onde Iginla estreava estava sem o entrosamento necessário para conduzir o time pelo resto do jogo. Sutter bem que tentou, mas não conseguiu substituir Crosby a altura e os Isles estavam melhores na partida.
Por fim, Vokoun fez grandes defesas e o primeiro período terminou sem nenhum gol.

Na volta ao segundo período uma notícia fez com que os rumos do jogo mudassem, Crosby não voltaria para a partida e os Pens teriam que "se virar" sem 3 de seus principais jogadores. Sobrou nas costas de Geno, que acabou de sair de uma lesão, liderar o setor criativo da equipe pelos 40 minutos restantes.
Mesmo em algumas chances em power-plays o Penguins não conseguiu fazer seu gol, Iginla deu um passe preciso e Neal desperdiçou, uma pequena melhora era vista no comportamento e a dominância do Islanders não era mais tão grande.
Mas, quando o segundo período já estava acabando, um fator a mais fez com que os Pens ficassem em uma desvantagem ainda maior. Kunitz jogou Bailey contra as bordas e foi "expulso" da partida, gerando um major penalty a favor dos Isles.
Como se não bastasse o major, Orpik também contribuiu cometendo mais uma penalidade e assim deixando o adversário com 5-3...
Para nossa sorte, Matt Cooke estava em um dia inspirado e foi o grande nome do PK, o período acabou, mas no terceiro o time de Nova Iorque estaria com 2 homens a mais por 1 minuto e meio.

Como se já não estivesse dramática demais a estreia de Iginla nos Pens, o que esperávamos para o terceiro período era que o PK funcionasse muito bem e matasse a penalidade, depois disso, quem sabe um gol? Uma das piores situações que os Pens passaram na temporada, sem Sid, Kunitz, Letang e Martin e 20 minutos para jogar, sendo uma parte deles com 2 homens a menos.
Felizmente, a penalidade foi matada com sucesso e os fans na Consol Energy Center não mediram esforços para ovacionar o time... Ainda estávamos sem Kunitz, Crosby, Letang e Martin, mas pelo menos estávamos com 5 jogadores no gelo e as chances de vencer o jogo continuavam vivas.
A empolgação foi tanta que Niskanen errou um passe fácil e deu a chance aos Isles em um breakaway, porém Vokoun salvou de maneira espetacular.
E quando tudo parecia estar mais calmo, Matt Cooke abriu o placar para o Penguins, explodindo a Consol Energy Center! Não há como resumir o que foi o gol, todo o stress passado durante a penalidade e a pressão feita pelo Islanders foram embora ali... 1 a 0 Pens, e um jogo perfeito de Cooke até o momento.
Para fechar o caixão, James Neal fez mais um e ampliou a vantagem logo em seguida, Vokoun fez alguns saves sensacionais que lhe garantiram mais um shutout e a sirene tocou anunciando mais uma vitória, dessa vez, heroica.

OBS1: Primeiro ponto de Murray como um pinguim, ele deu assistência juntamente a Malkin ao gol de Neal.
OBS2: Espera um pouco P.A, você está tentando me dizer que mesmo sem Sid, Letang, Martin e Kunitz, e ainda tendo sofrido com um major penalty sendo que 2 minutos dele foram em 5-3 por conta de um minor o Penguins venceu o jogo? Sim, exatamente.
OBS3: Iginla ficou apagado no jogo, mas não podemos culpa-lo, ainda está sem entrosamento e estreou em um jogo cheio de altos e baixos...
OBS4: O Penguins ainda me mata do coração!
OBS5: Vokoun com seu segundo shutout seguido, agora somados são 1 período + 2 jogos sem sofrer nenhum gol!

Sobre a lesão de Sid: Crosby já está bem e vai treinar normalmente amanhã, sua saída do jogo foi por questões de precaução, ele tem totais condições de jogar na próxima partida. Os únicos problemas apresentados são na dentição, a reparação foi feita imediatamente após sua saída!

Sobre Kunitz: Acredito que a NHL não vá ver o lance como maldoso e provavelmente não vão haver punições.

TROFÉU DO JOGO: Cooke! Que partida fantástica feita por ele hoje, tomou o domínio do jogo e foi o grande nome do PK que fez o Penguins sair de uma das piores situações desde o inicio da temporada. Como se não bastasse isso, fez o gol.
FOGUEIRA DO JOGO: Kunitz. Não estava jogando bem e para piorar cometeu um major penalty que por pouco não deu uma grande vantagem ao Islanders.

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Gabriel Santana disse...

0 X 0
Corrige aê !!

P.A Coimbra disse...

Corrigido! Valeu pela dica Gabriel Santana...

Postar um comentário