TRICAMPEÃO DA STANLEY CUP! LET'S GO PENS!

domingo, 14 de abril de 2013

Pós Jogo - Penguins 3 @ 1 Panthers


Eu avisei que não seria nada fácil, apesar de parecer algo simples, vencer o Panthers. Era um duelo entre o primeiro da conferência contra o último, de um lado havia um time que já estava matematicamente classificado aos playoffs e o outro, por sua vez, já estava eliminado!

Algumas horas antes do jogo começar, um novo desfalque foi confirmado. Malkin não iria jogar devido a uma lesão que reincidiu, a mesma que o tirou de um período de jogos por meados de março... Com Geno, somaram-se 7 desfalques para a partida (Malkin, Crosby, Jeffrey, Neal, Bortuzzo, Engelland e Martin).
Era muita gente fora, e muitos desses jogadores importantes... Neal, Malkin, Crosby e Martin foram considerados destaques da campanha até o momento ao lado de Dupuis, Kunitz e Letang.

Mas, o importante era manter a calma e apostar nas novas contratações que tinham a chance de provar ao que vieram. Essa foi a primeira partida em que realmente seriam cobradas decisões por parte dos integrantes do "pacotão Ray Shero de Outono (ou primavera nos EUA)".

As respostas só viriam dentro do gelo, e no primeiro período o jogo começou em um ritmo muito lento. Poucas chances, nenhuma penalidade e muitos erros de ambas as equipes... Fleury pouco trabalhou e parecia ter uma noite muito tranquila.
Quando a partida já estava começando a dar sono, Letang abriu o placar após ser assistido por Morrow e Bennett. A essa altura faltavam 5 minutos para o fim do primeiro período...
E mesmo faltando pouco, deu tempo para aumentar a vantagem, a 2 minutos do fim, Morrow colocou a vantagem dos Pens em 2 a 0 (Bennett e Vitale o assistiram).

No segundo período os Pens pareciam confortáveis com a vantagem, e o ritmo foi diminuindo a cada minuto que se passava. A impressão era que o jogo estava em slow motion, faltava vontade e entrosamento a todos os integrantes do time, que estava totalmente desfalcado.
O resultado dá má apresentação foi o gol do Panthers aos 5 minutos, com Upshall.
Aos poucos o lanterna da conferência leste ia começando a gostar do jogo, e a pequena torcida empurrava a equipe na tentativa de empatar o jogo, os Pens se defendiam como podiam e Letang mostrou que já está em sua melhor forma de novo! Foi o grande nome do período e liderou o sistema defensivo...
Por sorte, o fim do segundo período pareceu não demorar e a vantagem era de 2 a 1 após 40 minutos jogados.

Os 20 minutos finais foram tranquilos, fora alguns momentos em que o PK teve que trabalhar. O time adversário dominava o jogo, mas o Penguins estava com um desempenho defensivo impecável e não deixava com que as chances criadas pelo Panthers resultassem em gols.
No final, a vitória já estava muito bem encaminhada quando faltando 1 minuto para o fim, os Pens foram favorecidos com um PP. O Panthers precisava empatar e resolveu tirar o goleiro, mesmo ficando assim com o time numericamente igual e não com um homem de vantagem como de costume nos empty-nets. Morrow se aproveitou e guardou mais um gol seu na partida, empty-net goal para confirmar a vitória e disparar na liderança do leste.

OBS1: Vencemos, mas não convencemos.
OBS2: Se esse azar com lesões continuar, não quero nem ver o que serão os playoffs.
OBS3: Bennett deu duas assitências.
OBS4: Letang foi um monstro, jogou demais!

TROFÉU DA PARTIDA: Morrow! Dois gols e uma assitência, uma partida muito boa mesmo tendo cometido duas penalidades.
FOGUEIRA DA PARTIDA: Iginla. Ele já está desentrosado, e agora perdeu Malkin ao seu lado. Ficou totalmente perdido na partida...

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Yorran Bergamaschi disse...

Concordo plenamente. D:
Foi um jogo complicado e muito parado, pra um jogo que deveria ser fácil.

P.A Coimbra disse...

Vencemos e não convencemos. Tomara que o azar passe logo...

Postar um comentário